Brincadeiras de Competição e Imitação

Karine Tôrres Ciotta Lima

Karine Tôrres Ciotta Lima Publicado 19/11/2016 


O professor, principalmente o  de Educação Infantil, como  o mediador e responsável pelo planejamento, execução e avaliação de suas aulas, tendo objetivos a serem atingidos dentro do desenvolvimento físico, social, cultural, cognitivo e afetivo, deve procurar, neste tipo de brincadeira, não valorizar o caráter de competição, de ganhar ou de perder, de criticar ritmos e velocidades,  e sim  se preocupar com o crescimento de cada aluno, da equipe, da turma, do grupo, estabelecendo vínculos de alegria, de prazer, de participação, de aprendizagem. A  criança nesta etapa  deve sentir-se igual com os diferentes,  construindo conceitos e significados através das brincadeiras lúdicas, as quais irão contribuir de forma positiva ou negativa nas demais etapas de sua vida.


Voltar ao topo