Curso A Arte de Contar Histórias em Tempos de Pandemia



A Arte de Contar Histórias em Tempos de Pandemia

Baseado em 8 avaliações
  • 334 Alunos matriculados
  • 40 Horas de duração
  • 15 Aulas
  • 4 Módulos
  • 1 Avaliação
  • 2 meses de suporte
  • Certificado de conclusão
Acesso Gratuito
Acessar Dê um passo adiante em sua carreira!
"Esse curso foi sensacional, muito enriquecedor, amei."
Débora
mais avaliações

A princípio apresentam-se três fatores relevantes nas atividades realizadas pelo pesquisador Marciel Alan Freitas de Castro (Organizador e Professor do Curso). O primeiro fator é que ele apresenta, fundamentado numa abordagem teórica atual e relevante, a importância do processo de contar histórias para crianças na fase de aprendizagem da leitura e da escrita. O segundo fator é que os recursos utilizados na contação de história demonstra que a criança é capaz de recriar histórias clássicas, e capaz de recontar a história que o professor ou o contador de história recitou para ela. Trata-se de um processo de recriação lúdica, artística e fantástica. Um processo que, se devidamente explorado por educadores e professores, é capaz de facilitar a criança a ter domínio das técnicas de leitura e escrita. O terceiro fator é que a criança, após o processo de ouvir e de recontar histórias clássicas, torna-se muito mais suscetível, muito mais livre e aberta ao processo de aprender a ler e a escrever.

2 meses Sem tempo para fazer o curso agora? Não tem problema.
Você poderá participar desse curso até 2 meses após a matrícula.

Professores, contadores de histórias e outros profissionais que, de forma direta ou indireta, estão envolvidos com o lúdico processo de mergulhar as crianças no mundo da leitura e da produção textual.

Marciel Alan Freitas de Castro
"Professor da Educação Básica, Coordenador, Técnico Educacional, Palestrante, Pesquisador e amante da Arte de Contar Histórias, Leitura e Literatura."

               

http://lattes.cnpq.br/6940420420561294

Especialista em Gestão da Educação Municipal pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB, 2019). Graduado em Letras (habilitação em língua portuguesa e respectivas literaturas) na Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN, 2015) e Técnico em Segurança do Trabalho no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN, 2014) e da Universidade Aberta do Brasil - UAB (2014). Desenvolve trabalhos na área da Educação, dedicando-se principalmente as temáticas: Língua Portuguesa, Leitura, Formação Docente, Formação do Leitor, Contação de História e Gestão da Educação Municipal. Ex-Secretário Municipal de Educação, Cultura e Desportos de Francisco Dantas/RN (2014-2017).



Confira algumas dúvidas mais comuns sobre a emissão e validade do certificado: 

- Meu certificado emitido através deste site tem validação do MEC? 

Os cursos autorizados pelo MEC são de Graduação e Pós-Graduação e as Secretárias Estaduais de Educação autorizam cursos técnicos profissionalizantes e do ensino médio. Cursos online são classificados, por lei, como cursos livres de atualização ou qualificação, ou seja, não se qualifica como graduação, pós-graduação ou técnico profissionalizante. 

Os Cursos Livres, passaram a integrar a Educação Profissional, como Nível Básico após a Lei nº 9.394 - Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Essa é uma modalidade de educação não-formal com duração variável, a fim de proporcionar conhecimentos que permitam atualizar-se para o trabalho, sem exigências de escolaridade anterior. 

Educação é um direito de todos e é um incentivo a sociedade, previsto por lei na Constituição Federal. É com essa base que trabalhamos, incentivando a educação. Os cursos livres e os certificados tem validade para fins curriculares e certificações de atualização ou aperfeiçoamento, não sendo válido como técnico, graduação ou pós-graduação. 

- Meu certificado é aceito pelo CREA, CRC e CRM? 

Conforme citado acima, nossos cursos são de nível básico e livre, ou seja, servem para atualização e qualificação. Todos esses órgãos são de nível superior.

(Fontes: Secretaria de Educação de São Paulo e ABED)

Conteúdo Programático

O presente Módulo apresenta discussões sobre diferentes materiais bibliográficos que versam sobre a mediação de leitura, contação de história e o processo de constituição/formação do leitor conectado a Arte de Contar Histórias em Tempos de Pandemia, dentre outras atividades que possibilitam a alunos, educadores, e outros profissionais da educação e saúde a aquisição de conhecimentos imprescindíveis a formação de leitores na sociedade
  • 1. A Arte de Contar Histórias em Tempos de Pandemia
  • 2. A arte de contar histórias em tempos de pandemia
  • 3. Dica de Leitura - A Arte de Contar Histórias e o Conto de Tradição Oral em Práticas Educativas
  • 4. Dica de Leitura - A arte de contar histórias um recurso didático para a formação de Leitores
O presente Módulo apresenta considerações sobre o mediador de literatura em seu espaço de trabalho, seja na escola, na rua, na biblioteca procura desenvolver um modelo de preservação das relações entre literatura, escola e livro na perspectiva de atender ao objetivo de formar o aluno para construir significações, ou seja, construir sentidos por meio da leitura e por fim poderá se constituir um leitor proficiente.
  • 1. Mediação de Leitura e Formação do Leitor
  • 2. Ler x Contar - O que é melhor?
  • 3. Leitura, suas mediações, seus mediadores
  • 4. Dica de Leitura - Letramento Literário - A Mediação da Leitura de Obras Literárias no Processo de Constituição de Leitores Competentes
O presente módulo traz discussões sobre o contador de histórias na perspectiva de compreender sobre o processo de formação deste educador e as implicações de suas atividades com a leitura, bem como compreender sobre os aspectos de construção do sujeito leitor e contador iniciante. Isso a partir do contato com atividades escolares, extraescolares e mediante as atividades que dão pertinência a leitura, ou seja, quando o educador abre horizontes para que o aluno tenha a liberdade de se expressar por meio do contato com os livros ou pela arte da palavra.
  • 1. O Contador de Histórias: Perspectivas Teóricas
  • 2. Uso de Recursos Cênicos para contar histórias
  • 3. 11 Cuidados na hora de Criar Histórias com gestos com Ana Flávia Basso
  • 4. Dica de Leitura - O Narrador - Considerações sobre a arte de contar histórias na cidade
No presente Módulo intitulado Experiências, Vivências e a formação do leitor nos deteremos a falar sobre a presença do gênero literário na vida da criança e do educador/e outros profissionais, seja no espaço escolar ou em seu cotidiano com o objetivo de retratar e descrever alguns direcionamentos importantes sobre a presença da leitura/literatura, bem como as relações discursivas que as crianças quando lêem oralizam e produzem rimas, versos, bem como transpõem aos contos de tradição oral um processo de mutação do gênero conto ao texto poético. Pois as crianças necessitam de atividades que trabalhem a ludicidade por meio dos textos orais e poéticos.
  • 1. Experiências, Vivências e Formação do Leitor
  • 2. Ciência e Letras - A formação do leitor
  • 3. Dica de Leitura - Histórias de Leitura e de Leitores: práticas e representações de Leitura em Narrativas de Professores de diferentes Disciplinas Escolares
  • Prova Final

Dúvidas Frequentes

R: Para acessar os Cursos, basta acessar a Plataforma Educacional através do campo “LOGIN”, que está localizado no canto superior direito da página inicial de nosso Site Educacional. Você deverá digitar seu e-mail e sua senha que foram ENVIADOS no seu email no momento de sua matrícula. Após acessar, você vai visualizar todos os Cursos disponíveis.
R: Sim. A Carga Horária é especificada na frente e no verso do Certificado juntamente com as matérias estudadas no Curso.
Voltar ao topo